A Polícia Judiciária anunciou a detenção de um homem de 28 anos, em Leiria, que “fomentava e facilitava” a prática da prostituição por mulheres e homens numa habitação do centro da cidade.

Uma fonte policial disse à agência Lusa que o homem, detido pelo crime de lenocínio, “será interrogado ao longo do dia” desta sexta-feira no Tribunal de Leiria.

O suspeito, “sem ocupação laboral definida, fortemente indiciado pela prática do crime de lenocínio”, foi detido por elementos do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ, afirma esta polícia em comunicado.

“A atividade criminosa desenvolvia-se há cerca de um ano, pelo menos, numa habitação apetrechada para o efeito, no centro urbano de Leiria, onde o detido fomentava e facilitava, de forma persistente, a prática da prostituição por mulheres e homens, fazendo dessa atividade modo de vida”, acrescenta.

No âmbito da busca domiciliária realizada no local, “foram apreendidos diversos artigos relacionados com a prática ilícita e identificados utentes, entre os quais um cidadão estrangeiro que se encontrava em situação irregular” em território nacional.

Esta investigação da PJ de Leiria decorria há cerca de meio ano, disse a fonte policial.