O Tribunal Criminal de Lisboa condenou 13 dos 14 arguidos julgados por crimes de homicídio, rapto, extorsão, tráfico de estupefacientes, auxílio à imigração ilegal, posse de arma proibida, falsificação de documento e roubo, entre outros ilícitos.

Segundo informou esta quarta-feira a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL), o coletivo de juízes da 6ª Vara Criminal de Lisboa aplicou aos arguidos penas entre os seis anos de prisão e os 23 anos de cadeia.

Os factos - de acordo com a PGDL - ocorreram em data não concretamente apurada, mas seguramente antes de 3 de agosto de 2010, nos concelhos de Lisboa, Almada, Amadora, Cascais, Odivelas, Seixal e Sintra.

O acórdão foi proferido a 13 de dezembro por tribunal coletivo.