"Idealmente, os doentes têm de vir assim que lhes é diagnosticado o cancro", visto que se deve fazer a preservação antes de o tratamento começar. "No momento em que se trata da doença, também se tem que pensar na vida para além do cancro".