O escritor Eduardo César, com a obra "O Céu dos Invisíveis", é o vencedor da primeira edição do Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz", anunciou hoje a organização.

Segundo Irene Fialho, representante do júri, o vencedor nasceu em 1978, é natural de Elvas e vive na Alemanha, onde é professor de português.

                       
                                        Eduardo César (Reprodução/Facebook)

O prazo das candidaturas decorreu de 25 de novembro de 2014 e 01 de março de 2015, tendo sido submetidas 79 propostas de Portugal, Brasil, Alemanha e França. Quinze passaram na pré-seleção.

O júri deste prémio foi constituído por Carlos Reis, Maria do Rosário Cunha, Ana Luísa Vilela, Irene Fialho e Manuel Pereira Cardoso.

O júri deliberou ainda atribuir uma menção honrosa à escritora e poetisa brasileira Bárbara Lia Soares, com a obra "As Filhas de Manuela".

A cerimónia de entrega do prémio Fundação Eça de Queiroz e lançamento do livro ocorrerá na Casa de Tormes, em Santa Cruz do Douro, concelho de Baião, no dia 09 de setembro.

Naquele dia vão ser assinalados os 25 anos da constituição da Fundação Eça de Queiroz.