"O Convento de São Francisco terá de ser o epicentro de uma mobilização de todos os setores económicos e instituições da cidade", defendeu.