Cinco golfinhos comuns mortos deram esta quarta-feira à costa em três praias de Esposende, uma ocorrência «anormal pelo número» mas justificada pela forte ondulação do mar, disse um responsável do Parque Natural Litoral Norte.

Segundo Artur Viana, os golfinhos foram encontrados nas praias de Apúlia (dois), Belinho (dois) e S. Bartolomeu do Mar (um).

«O que há de anormal nesta ocorrência é apenas o número de golfinhos que deram à costa no mesmo dia, já que, de resto, os arrojamentos são normais e frequentes», referiu.

Os golfinhos foram removidos para o aterro sanitário.

Artur Viana explicou que os arrojamentos são mais frequentes quando há forte ondulação, já que a força das águas transporta para a costa os animais que estiverem mortos no fundo do mar.

Quanto às mortes, disse que a maior parte delas acontece por causas naturais, mas há também casos em que os golfinhos são atingidos pelas hélices dos barcos de pesca ou ficam presos nas redes.

«Os golfinhos são uma espécie muito comum na nossa costa», regista a Lusa.