Uma bactéria, ainda de origem desconhecida, fez interditar os banhos na praia da Fontinha, uma das mais frequentadas no verão, na ilha de Porto Santo, na Madeira. 

Depois de efetuadas análises de rotina à água, a câmara foi surpreendida pela contaminação e pediu contra-análise, estando ainda à espera dos resultados, disse à TSF o presidente da autarquia. 

Filipe Menezes de Oliveira espera que "as autoridades com competência na matéria cumpram as suas funções de forma célere para não prejudicar o destino e os veraneantes", até porque os hotéis estão cheios.

Caso haja mão criminosa, o autarca quer que os eventuais responsáveis "sejam punidos severamente", para que a situação não se repita. 

Os banhos devem continuar proibidos pelo menos até amanhã, sexta-feira, dia em que os novos resultados deverão ser conhecidos.