Os frequentadores da Praia de Mira terão ao seu dispor, a partir de quarta-feira, um dispositivo móvel que vai percorrer o areal para avaliar o grau de eficácia dos protetores solares usados pelos banhistas.

Fruto de uma parceria entre a câmara de Mira, a Universidade de Aveiro e a Liga Portuguesa Contra o Cancro, o dispositivo estará instalado num veículo de três rodas transformado para o efeito.

Com o mote "Estás Protegido?", o dispositivo consiste numa câmara de filmar e um monitor, através dos quais será possível verificar, instantaneamente, se o protetor solar está a ser bem aplicado, graças a uma tecnologia desenvolvida pela Universidade de Aveiro.

O dispositivo permitirá aos utilizadores registar em foto ou vídeo o momento da aplicação e posteriormente partilhar esse conteúdo nas redes sociais", explica o presidente da Câmara de Mira, Raul Almeida, garantindo que o veículo passará a ser uma presença constante nas praias de Mira e Poço da Cruz.

O dispositivo é fruto de mais uma parceria com a Universidade de Aveiro, que está já a monitorizar em tempo real a erosão costeira e os agueiros (correntes de retorno) na Praia de Mira.

Trata-se de um projeto-piloto de vídeo-monitorização que vai reforçar a segurança da nossa praia e que poderá ser acompanhado pelos cidadãos através de uma aplicação para telemóveis que está a ser desenvolvida pela Universidade", explica o presidente da autarquia, Raul Almeida.

Um dos resultados práticos do projeto é a "despistagem" em tempo real dos agueiros, correntes de retorno que põem em causa a segurança dos banhistas.

O projeto será desenvolvido durante três anos pelo Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM) da Universidade de Aveiro, que se propõe desenvolver um sistema de monitorização costeira (componente de vídeo) que visa adquirir e processar informação relativamente a parâmetros hidrodinâmicos e morfológicos, do domínio constituído pela praia subaérea e cordão dunar e/ou dique arenoso no troço costeiro Praia de Mira - Poço da Cruz".