Uma mulher madeirense, de 51 anos, foi assassinada sexta-feira por homens armados que tentaram roubar-lhe o carro quando circulava pela estrada nacional que liga as cidades de Caracas e Los Teques (sul).

Fontes da comunidade portuguesa local explicaram à agência Lusa que Maria Lídia Figueira foi intercetada perto da meia-noite de quinta-feira (04:30 de sexta-feira em Lisboa)por dois motociclistas.

Natural da Ponta do Sol, Madeira, a emigrante teria tentando escapar dos assaltantes que dispararam várias vezes contra a sua viatura.