Mais de 300 bombeiros estão hoje ao final da tarde envolvidos no combate a quatro incêndios florestais em Portugal, dois dos quais no distrito de Viseu, segundo a Proteção Civil.

De acordo com a informação disponível às 18:15 no portal da Autoridade Nacional de Proteção Civil, registam-se incêndios nos concelhos de Sernancelhe e S. Pedro do Sul (distrito de Viseu), Idanha-a-Nova (distrito de Castelo Branco) e Penafiel (distrito do Porto).

O fogo de S. Pedro do Sul, que tinha sido dado como dominado ao início da manhã de hoje e reacendeu às 15:42, é aquele que envolve mais operacionais.

No terreno, a combater uma frente de fogo, estão 156 operacionais, 92 dos quais bombeiros, apoiados por 27 veículos e dois helicópteros de ataque inicial.

No distrito de Viseu lavra um outro incêndio, que começou às 12:11 de hoje em Arnas, Sernancelhe, e que tem duas frentes ativas. Os cerca de cem bombeiros contam com o apoio de 26 viaturas e de dois helicópteros bombardeiros.

O fogo que deflagrou às 14:53 em Adingeiro/Monsanto, no concelho de Idanha-a-Nova, e que está com uma frente ativa, encontra-se a ser combatido por 137 operacionais, 95 dos quais bombeiros.

No combate às chamas, além de 29 veículos operacionais, estão dois aviões bombardeiros e um helicóptero bombardeiro.

No concelho de Penafiel arde desde as 13:21 de hoje um incêndio que começou em Brenha/Santa Marta e que está a envolver 56 bombeiros e 17 viaturas.