Existem novos casos de intoxicação no call center da PT, em Beja. Deram entrada no hospital, esta quarta-feira, mais 21 pessoas com os mesmos sintomas de náuseas, vómitos e dores de garganta, adiantou à TVI24 fonte oficial daquela unidade de saúde.

«Não há nenhum caso preocupante. Algumas pessoas já tiveram alta e outras vão começar a ter nas próximas horas», indicou a mesma fonte. Entretanto, segundo a Lusa, as últimas altas hospitalares foram dadas por volta das 23:00, pelo que todos os trabalhadores já foram mandados para casa e encontram-se bem.

Foi logo durante a manhã que três trabalhadores começaram a ficar indispostos, sendo que o número foi aumentando durante a tarde, acabando por levar 21 pessoas para o hospital. Pelo menos três delas foram transportadas pelos bombeiros de Beja, confirmou a TVI24.

Esta é a terceira vez que funcionários do mesmo centro da Portugal Telecom são levados para as urgências com o mesmo problema.

A primeira ocorrência deu-se no dia 15 de novembro, sábado, e afetou 17 pessoas. Dois dias depois, o número de intoxicados aumentou para 40

O Sindicato dos Trabalhadores das Telecomunicações e Audiovisual reivindicou, na sexta-feira passada, uma «conclusão» acerca das causas da intoxicação destas dezenas de trabalhadores, exigindo medidas para que a situação não se repita. 

Acabou então por voltar a acontecer hoje, quarta-feira.