Portugal e a Guiné-Bissau voltam esta sexta-feira a estar ligados por via aérea direta com o voo inaugural da EuroAtlantic, praticamente um ano após a suspensão do único voo direto entre Bissau e uma capital europeia, que era assegurado pela TAP.

O avião, um Boeing 737-800, tem saída prevista de Lisboa às 09:00 horas para chegar à Bissau às 13:25 horas e volta a partir da capital guineense às 15:45 horas para chegar a Lisboa às 20:00 horas.

Relativamente à ligação aérea anterior, esta será feita durante o dia, o que aumenta a comodidade dos passageiros e facilita o respetivo controlo.

O Boeing da EuroAtlantic destinado à rota Lisboa/Bissau/Lisboa tem para já capacidade para transportar 160 passageiros - 144 na classe económica e 16 na executiva -, mas caso a procura o justifique a empresa disponibilizará um aparelho com 200 lugares.

Para o voo inaugural de hoje a companhia colocou à venda um bilhete de promoção no valor de 327.300 francos CFA (500 euros).

A partir do voo inaugural, os bilhetes terão diferentes preços a partir dos 388 mil francos CFA na classe económica.

A TAP suspendeu os seus voos para Bissau em dezembro de 2013 na sequência do embarque forçado pelas autoridades guineenses de 74 cidadãos sírios com documentação falsa, como recorda a Lusa.