A PSP do Porto deteve este domingo cinco pessoas e apreendeu quase três mil objetos contrafeitos, entre peças de vestuário, produtos de higiene e material audiovisual, durante uma operação de intervenção criminal no acesso à Feira do Cerco do Porto.

Fonte daquela força policial revelou à agência Lusa que a operação, feita conjuntamente com a Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC), decorreu hoje, entre as 07:00 e as 10:00, nas entradas da Feira do Cerco do Porto.

Na sequência da operação de intervenção criminal, a PSP do Porto deteve cinco pessoas por posse de material contrafeito, tendo apreendido mais de 500 CD e DVD, 791 peças de vestuário e 1.400 embalagens de produtos de higiene, todos estes contrafeitos.

Foram ainda fiscalizados 83 veículos e os detidos serão presentes às autoridades judiciais na segunda-feira.