O vice-presidente da Fundação Casa da Música, José Pena do Amaral, foi esta quarta-feira eleito sucessor de Dias da Fonseca, na presidência do conselho de administração desta entidade.


Em comunicado citado pela Lusa, a Casa da Música anunciou que «José Pena do Amaral foi hoje eleito presidente do conselho de administração da Fundação Casa da Música, para o mandato 2015-2017», por voto secreto.


Para vice-presidentes foram eleitos Rita Domingues e Jorge Castro Ribeiro, dois nomes que também foram reconduzidos do anterior conselho de administração.

António Lobo Xavier, que substituiu o nome de Dias da Fonseca na administração da Casa da Música, fica como vogal, a par de Teresa da Moura, Rosário Gamboa e António-Pedro Lopes Cardoso.

Em termos legais, os cargos de presidente e dos dois vice-presidentes são «eleitos pelo próprio conselho de entre os seus membros, por voto secreto e por maioria absoluta dos seus membros, em reunião expressamente convocada para o efeito».