Mais de 810 quilogramas de cocaína, dissimulados no interior de caixas de bananas e provenientes da América do Sul, foram apreendidos pela PJ no Porto de Lisboa e constituidos cinco arguidos, informou hoje a Judiciária.

Segundo a Polícia Judiciária, a cocaína destinava-se ao mercado europeu e foi transportada num navio que efetua carreira regular entre a América Latina e a Europa.

No âmbito da investigação foram também apreendidas duas viaturas especialmente modificadas para o transporte da droga e constituídos cinco arguidos, com idades entre os 35 e os 55 anos, suspeitos de integrarem a organização criminosa.

A operação foi desenvolvida pela Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE) da PJ, em articulação com a Autoridade Tributária e Aduaneira.

A investigação vai continuar no âmbito da cooperação policial internacional, escreve a Lusa.