“O proprietário e único tripulante da embarcação viajava entre os Açores e Gibraltar. Ia fazer escala em Portimão para abastecer. Deixou-se dormir e o veleiro encalhou a 10/15 metros do areal”, explicou à TVI fonte da Polícia Marítima de Portimão.

Para o local, foi enviada uma embarcação do Instituto de Socorros a Náufragos e meios da Polícia Marítima. “Como não havia vidas em risco, nem perigo aparente de poluição, decidiu esperar-se pela subida da maré. A embarcação foi rebocada para a marina de Portimão por volta das 13:00”, esclareceram as autoridades.

 

O veleiro vai agora sofrer uma vistoria, para ver se há danos, após a qual deverá seguir viagem.