A turma que ontem inalou alcatrão, oriundo de uma obra de repavimentação que decorre junto à Escola Básica Gonçalves Crespo, em Odivelas,, voltou a ter queixas e foi dispensada das aulas, confirmou ao tvi24.pt o comandante dos bombeiros da Pontinha, o comandante Pedro Santos.

De acordo com o comandante, as obras foram afastadas cerca de um quilómetro da escola, mas as crianças voltaram a queixar-se de irritação ocular e das vias respiratórias.

«30 crianças e um adulto foram avaliadas no local por uma equipa do INEM e enviadas para casa por precaução», afirmou.

Ascola foi encerrada por precaução após um briefing entre as autoridades e a escola e uma equipa do Instituto Ricardo Jorge foi chamada ao local para fazer uma avaliação do ar.