A GNR desmantelou uma estufa de cultivo de cannabis e liamba, no anexo de uma habitação em Ponte da Barca, apreendeu 6.579 doses individuais e deteve um homem de 34 anos, anunciou sexta-feira fonte daquela força policial.

Segundo a mesma fonte, a operação, desenvolvida pelos militares do Núcleo de Investigação Criminal de Arcos de Valdevez, ocorreu sexta-feira num anexo de uma residência em Ponte da Barca «destinado exclusivamente ao cultivo de plantações de cannabis».

De acordo com o Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, no decurso da busca, autorizada pelo suspeito, os militares encontraram «várias estufas montadas no interior da residência e a organização do espaço em função das várias fases de maturação das plantas».

«O anexo estava preparado com todo o equipamento necessário para proporcionar as condições ideais para uma cultura intensiva de plantas», lê-se no comunicado da GNR enviado à Lusa.

No local, os militares encontraram «holofotes especiais para criar uma temperatura ambiente ideal, um sofisticado sistema de exaustão com recirculação de ar e extração de cheiros, para o qual teve que reforçar todo o sistema elétrico do anexo, medidor digital da temperatura/humidade e isolamento, e todo o material e equipamento relacionado com o cultivo daquelas drogas».

Entre a apreensão contam-se 2.047 gramas de liamba, 93 plantas de cannabis, com peso total de 14.400 gramas, o que totaliza cerca de 6.579 doses individuais.

O homem de 34 anos, residente naquele concelho, é ouvido hoje de manhã em primeiro interrogatório judicialao Tribunal de turno de Viana do Castelo.