A GNR deteve 151 pessoas, a grande maioria por condução com excesso de álcool, em diversas operações de combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária que decorreram no passado fim de semana em 18 distritos do país.

Segundo a GNR, foram detidas 106 pessoas por condução sob o efeito de álcool, 13 por condução sem habilitação legal, três por tráfico de estupefacientes, uma por furto, uma por posse de armas proibidas e uma por posse ilegal de armas.

Foram ainda detidas 26 pessoas por outros tipos de crimes não especificados e apreendidas 667 doses de haxixe, uma arma de fogo e duas armas brancas, adianta a Guarda Nacional Republicana, num comunicado de balanço da atividade operacional do fim de semana.

Na sequência das fiscalizações, foram elaborados 150 autos de notícia por detenção em flagrante delito e 1.905 autos de contraordenação a legislação diversa, acrescenta a GNR.

No âmbito do trânsito foram fiscalizados 5.733 condutores e detetadas 1.814 infrações.

Das 1.814 infrações detetadas, 248 foram por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 1.124 por excesso de velocidade (em 48.495 controlos), seis por excesso ou deficiente acondicionamento de carga e 22 relacionadas com tacógrafos.

As operações que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta e a fiscalização rodoviária foram realizadas nos distritos Aveiro, Beja, Braga, Coimbra, Évora, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém, Vila Real e Viseu.
 

Veja também: seis mortos nas estradas portuguesas durante o fim de semana