Três pescadores foram, esta quarta-feira, salvos de um naufrágio, ao largo da Costa de Caparica. De acordo com a Polícia Marítima, os três homens foram resgatados por outra embarcação de pesca que passava no local e não precisaram de qualquer atendimento médico.

Ainda de acordo com fonte da Polícia Marítima, em declarações telefónicas ao tvi24.pt, o acidente aconteceu «a cerca de meia milha da costa».

No local, esteve uma embarcação salva-vidas e outra embarcação de socorro.

«Foi ainda deslocado para o local uma embarcação de pesca que se encontrava nas imediações e que procedeu ao resgate dos tripulantes, que não precisaram de assistência médica», refere a Polícia Marítima em declarações à Lusa.

Segundo o comunicado enviado à agência de notícias, no local do naufrágio não se registaram focos de poluição e neste momento efetua-se o reboque da embarcação para a Cova do Vapor.

Os três tripulantes, que desembarcaram na doca de pesca de Pedrouços, e devem ser ouvidos ainda hoje à tarde pela capitania do porto de Lisboa sobre as circunstâncias que terão estado na origem do naufrágio.

A capitania do porto de Lisboa ainda tentou rebocar a embarcação de pesca, registada em Setúbal, que já se encontrava parcialmente submersa, mas o cabo de reboque partiu-se.

De acordo com o adjunto da capitania de Lisboa,Cruz Gomes, será necessário proceder à passagem de novos cabos de reboque, com a ajuda de mergulhadores, mas esta operação está dependente das condições de maré.

Cruz Gomes garantiu ainda que a embarcação naufragada entre o Bugio e a Cova do Vapor não constitui perigo de maior para a navegação marítima, mas está devidamente sinalizada.