O corpo de um mariscador de 48 anos que foi dado como desaparecido no sábado, na zona de Almograve, concelho de Odemira, distrito de Beja, foi encontrado este domingo, disse o comandante da Polícia Marítima de Sines.

José António Gouveia, capitão do Porto de Sines e comandante local da Polícia Marítima, adiantou à agência Lusa que o corpo do homem foi encontrado pela Polícia Marítima, cerca das 09:30, "no fundo de uma falésia", junto ao local onde tinha desaparecido, no portinho de Lapa das Pombas, perto de Almograve.

Segundo o responsável, o cadáver foi resgatado por pessoal da capitania do Porto de Sines, com uma lancha da Estação Salva-Vidas de Sines, e vai ser encaminhado para os serviços de Medicina Legal do hospital de Beja.

José António Gouveia indicou que "ninguém viu o que aconteceu, presumindo-se que o homem poderá ter caído ao mar".

De acordo com o comandante da Polícia Marítima de Sines, o homem terá desaparecido, no sábado de manhã, na zona do portinho de Lapa das Pombas, onde se dedicaria à atividade de mariscador e onde foi encontrada a sua viatura com a chave na ignição.

As buscas para encontrar o homem, segundo a mesma fonte, decorriam desde o alerta para o seu desaparecimento, que foi dado pela família, tendo sido realizadas buscas por mar e terra, por elementos da Polícia Marítima de Sines e operacionais dos Bombeiros Voluntários de Odemira.