Um homem foi encontrado morto na Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Companheira, em Portimão, disse hoje à Lusa o Capitão do Porto de Portimão, Santos Pereira.

O alerta foi dado às autoridades por um segurança da ETAR ao início da manhã e o corpo da vítima já foi retirado, disse a mesma fonte adiantando que o homem não tinha consigo documentos que permitam fazer a sua identificação.

A Polícia Marítima esteve no local a tomar conta da ocorrência porque a ETAR está localizada junto ao rio, ou seja, no domínio marítimo.

Sem acesso a pessoas não autorizadas por terra, a ETAR é acessível pelo rio.

A Polícia Judiciária já está a investigar as circunstâncias daquela morte.