A Polícia Judiciária (PJ) deteve dois homens e uma mulher que utilizaram mais de 75 cartões bancários contrafeitos, adquirindo bens e serviços de luxo, num valor superior a 25 mil euros.

Segundo a PJ, através da prática dos crimes de contrafação de título equiparado a moeda, passagem de moeda em conluio com o falsificador e burla informática, os suspeitos, de 22 e 35 anos, lograram aceder a hospedagem em hotéis de 5 estrelas em Lisboa, tratamentos em SPA, refeições e produtos de marcas conceituadas.

Com a sua detenção pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da PJ, foram apreendidos, além de 22 cartões contrafeitos, diversos bens adquiridos fraudulentamente e os meios para procederem à respetiva contrafação.

O inquérito iniciou-se na passada sexta-feira e os detidos foram hoje sujeitos a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação.

Na "Operação 5 Estrelas", a PJ teve a colaboração do serviço de monitorização e deteção de fraude da Sociedade Interbancária de Serviços (SIBS).