A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta segunda-feira a detenção de um homem de 63 anos suspeito de ter incendiado dois carros no concelho de Valongo, distrito do Porto.

Em comunicado, a diretoria do Norte da PJ esclarece que o fogo “foi deliberadamente provocado em duas viaturas estacionadas no logradouro de uma habitação”, tendo-se propagado “à casa e a outros imóveis anexos”.

A PJ acrescenta que, para provocar o incêndio que deflagrou na madrugada de sábado, pelas 01:30, numa freguesia de Valongo, o detido atirou para as viaturas “um recipiente de líquido inflamável com rastilho previamente incendiado”.

De acordo com a PJ, o homem de 63 anos atuou “num quadro de conflitualidade anteriormente existente” com o proprietário das viaturas e da habitação.

O incêndio só não se propagou à casa e a outros imóveis anexos, dado que o ofendido detetou o seu início e interveio de imediato com meios apropriados para a sua extinção, tendo o arguido agido num quadro de conflitualidade anteriormente existente”, descreve aquela força policial.