A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira a detenção de um homem de 44 anos suspeito da autoria de um incêndio, a 10 de março, num anexo de uma habitação no concelho de Arganil, distrito de Coimbra.

Em nota de imprensa, a PJ afirma que o detido "usou chama direta para atear o fogo e atuou num quadro de alcoolismo e vingança por se ter desentendido com o proprietário do local, tendo provocado elevados prejuízos".

O homem foi presente a tribunal e vai ficar a aguardar julgamento em prisão preventiva.