A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, esta segunda-feira, ter identificado cinco homens suspeitos de um crime de roubo ocorrido em março de 2014, numa localidade próxima de Viseu, e que três dos quais ficaram detidos.

Em comunicado, a PJ refere que “o crime foi perpetrado com recurso a um taser (arma elétrica)” e implicou “o sequestro das vítimas”.

“Do grupo faziam parte quatro cidadãos estrangeiros e um cidadão português, que terá sido o mandante da ação criminosa”, explica.

Segundo a PJ, “um dos detidos, de 23 anos, foi já julgado e condenado, encontrando-se em cumprimento de pena”.

Os outros dois, que têm 28 e 32 anos, foram presentes a primeiro interrogatório judicial. A um deles foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva e o outro ficou obrigado a apresentações periódicas, acrescenta.