Um homem de 53 anos e outro com cerca de 50 foram encontrados mortos em dois locais distintos do Porto, disse à Lusa fonte da PSP, acrescentando que a Polícia Judiciária (PJ) «já tomou conta de ambas as ocorrências».

O primeiro cadáver foi encontrado na Pensão Ferreirinha, localizada na Rua do Bonfim, tratando-se de um homem «com cerca de 50 anos» que tinha sido dado como desaparecido «há alguns dias», descreveu fonte policial.

«Já se encontrava em estado de decomposição e o mau cheiro alertou os hóspedes da pensão, que chamaram a PSP», adiantou a mesma fonte.

O segundo caso registou-se na Rua Domingos Sequeira, junto a um viaduto que dá acesso ao Metro, onde foi encontrado o corpo de um homem de 53 anos.

As causas de ambas as mortes estão a ser investigadas pela PJ.

Em Santo Tirso, foi descoberto hoje sem vida um homem de 60 anos numa casa devoluta, depois de um irmão ter dado o alerta sobre o seu desaparecimento, disse também à Lusa, fonte da PSP do Porto.

O alerta para o desaparecimento deste homem tinha sido feito por um irmão, à PSP de Santo Tirso, a 3 de janeiro e repetido por outros familiares.

Na segunda-feira, uma testemunha disse ter avistado o idoso nas imediações de uma casa em ruínas e foi aí que a PSP encontrou hoje o homem morto.

Fonte do comando da PSP do Porto disse à Lusa que o caso foi entregue à Polícia Judiciária, apesar de «não existirem motivos para acreditar em ação criminal».