A Polícia Judiciária está a investigar o caso de um homem que deu entrada no Hospital de S. João, no Porto, com queimaduras em 40% do corpo, confirmou este domingo à Lusa fonte da GNR de Baião.

Segundo os bombeiros de Baião, o homem, de 46 anos, residente em Soalhães, Marco de Canaveses, alegou ter sido queimado com gasolina na serra da Aboboreira, conseguindo "arrastar-se" para as habitações mais próximas, onde pediu auxílio.

A alegada vítima foi transportada num automóvel particular para o Centro de Saúde de Baião.

Já naquela unidade de saúde, foram acionadas a viatura de suporte imediato de vida (SIV) de Cinfães e a viatura médica (VMER) do Vale do Sousa.

O homem foi transferido para a unidade hospitalar do Porto cerca das 00:40 de hoje.

A GNR não disponibilizou informações adicionas sobre o caso.