A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção de um homem de 52 anos suspeito de ter disparado na terça-feira contra uma mulher, que acabou por morrer, e um homem, em S. João de Tarouca.

O detido, taxista, é suspeito da autoria dos crimes de homicídio e homicídio tentado.

Em comunicado, a PJ de Vila Real refere que os factos ocorreram cerca das 19:00 de terça-feira, “quando o suspeito, por motivo fútil, efetuou vários disparos com arma de fogo em direção ao corpo das vítimas”, uma mulher de 49 anos, que morreu no local, e um homem de 52 anos.

Na terça-feira, fonte da GNR disse à agência Lusa que o suspeito e a mulher eram proprietários de estabelecimentos comerciais vizinhos e que se envolveram numa discussão.

“Um homem terá feito de uso da arma, uma pistola, e atingido a proprietária do outro estabelecimento, provocando-lhe um ferimento mortal”, contou.

Um outro homem, “supostamente o companheiro da senhora, ter-se-á envolvido com o indivíduo que fez os disparos e terá também levado um tiro”, referiu, acrescentando que os dois foram transportados para o hospital de Vila Real.