A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta sexta-feira a detenção de um homem de 34 anos, em Trancoso, no distrito da Guarda, pela alegada prática de crimes de violação e de abuso sexual de crianças.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere em comunicado divulgado que, no cumprimento de um mandado judicial, deteve o homem que é tido como o presumível autor de um crime de violação e de um crime de abuso sexual de crianças, ocorridos em abril, de que foi vítima uma criança do sexo masculino, com 12 anos.

Segundo a nota, tais abusos terão ocorrido nas instalações de uma instituição particular de solidariedade social "onde ambos eram utentes".

O detido, desempregado, foi presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial, tendo ficado sujeito à medida de coação de internamento preventivo em hospital psiquiátrico, indica a PJ.