A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve um homem de 23 anos fortemente suspeito da prática continuada, desde há aproximadamente três anos, dos crimes de abuso sexual de crianças e de atos sexuais com adolescentes.

Os factos ocorreram nas áreas de Celorico da Beira e Guarda.

De acordo com o comunicado da Judiciária, o detido apresenta "uma tendência para a constante procura e sedução de menores do sexo feminino, pelo menos já desde o ano de 2013, maioritariamente com idades compreendidas entre os 12 e os 14 anos".

Algumas das jovens têm "debilidade física e reconhecidas dificuldades de inserção sociofamiliar" e "acabavam forçadas à prática de atos sexuais de relevo".

O detido, de 23 anos de idade, não tem antecedentes criminais conhecidos. Foi presente a tribunal para um primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

Estrangeiro de 24 anos

O Departamento de Investigação Criminal de Aveiro da Judiciária identificou e deteve um cidadão estrangeiro, suspeito de ter abusado sexualmente de duas adolescentes.

O suspeito tem 24 anos e terá abusado das raparigas no primeiro fim-de-semana do passado mês de Agosto, no arraial de uma festa popular realizada numa das freguesias do concelho de Ílhavo.

Além das suspeitas de abuso sexual, o homem, cuja nacionalidade não foi revelada, encontrava-se em situação de permanência ilegal em território nacional.

Foi detido para apresentação às autoridades judiciárias competentes para aplicação de medidas adequadas.