A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou esta quarta-feira a detenção de um homem, de 27 anos, suspeito de ter burlado em mais de sete mil euros um pensionista, com a venda de uma viatura usada num site de anúncios classificados.

A PJ refere em comunicado que o suspeito, a quem se imputa a autoria do crime de burla qualificada, praticada de forma continuada, foi detido em flagrante delito.

Segundo os investigadores, ao longo dos últimos 15 dias, a vítima, residente no concelho de Ílhavo, fez várias transferências bancárias, até atingir o preço pedido pelo suposto vendedor, mas nunca recebeu a viatura.

"Aproveitando as debilidades emocionais da vítima e fazendo crer que estava impossibilitado de entregar a viatura face a dificuldades económicas momentâneas por que passava, arquitetou um segundo plano de apropriação de valores, convencendo, agora, a vítima a associar-se em investimentos de risco que lhe garantiriam lucros avultados, factos que motivaram sucessivas transferências bancárias".


A PJ refere ainda que a vítima, pensionista, além de ter disposto de todos os valores de que dispunha, veio a contrair empréstimos, que a deixaram em "precária condição económica".

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

A informação surgiu no mesmo dia em que vários órgãos de comunicação social noticiam a detenção de 27 pessoas, em todo o país, suspeitas de pertencerem a uma rede que se dedicava à compra fraudulenta de carros na Internet.