A Polícia Judiciária anunciou, esta segunda-feira, a detenção de uma mulher suspeita de tráfico de estupefacientes quando esta se encontrava no interior de um estabelecimento prisional, em Lisboa, de visita a um recluso.

Numa nota, a PJ adianta que a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes deteve uma mulher, de 22 anos, suspeita de ser a autora de seis crimes de tráfico de estupefacientes agravados.

Segundo a PJ, a mulher foi detida em flagrante delito quando tentava introduzir num estabelecimento prisional de Lisboa vários gramas de liamba, existindo indícios de que já o teria feito anteriormente, através do mesmo «modus operandi» e com outros tipos de droga.

A operação insere-se no âmbito de várias investigações levadas a cabo pela Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, com a colaboração da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, contra o tráfico de estupefaciente no interior de estabelecimentos prisionais.