A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou a detenção de um homem de 32 anos, residente no concelho de Ílhavo, suspeito dos crimes de violação e pornografia de menores de que foi vítima uma rapariga de 17 anos.

Em comunicado, a PJ refere que o detido e a vítima iniciaram um relacionamento amoroso em maio de 2016, após se terem conhecido na rede social Facebook.

Durante esse período, a jovem enviou ao arguido várias fotografias em tronco nu, a pedido daquele.

Alguns meses depois, segundo os investigadores, a vítima comunicou ao detido pretender terminar a relação, ao que este reagiu negativamente, ameaçando divulgar as fotografias na Internet.

"A partir de então, aproveitando a debilidade da menor, originada pelo temor decorrente de tais ameaças graves, o detido obrigou-a a manter relações sexuais por várias vezes, passando, também, a persegui-la, para assim a manter constrangida a continuar a enviar-lhe fotografias nua e a encontrar-se com ele para manterem relações sexuais", refere a PJ.

Durante uma busca à residência do suspeito, foi apreendido um telemóvel contendo vários ficheiros de imagem e de vídeo de outras menores, que os investigadores suspeitam que possam ser de outras vítimas.

Na mesma nota, a Judiciária refere que a investigação vai prosseguir no sentido de determinar a concreta extensão e conteúdo da atividade delituosa do suspeito.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.