A Polícia Judiciária (PJ) concluiu que não há indícios de crime no caso do cadáver de um homem encontrado numa conduta de esgoto, na passada sexta-feira, em Beja, revelou esta terça-feira à agência Lusa fonte policial.

De acordo com a mesma fonte, a inexistência de indícios de crime foi apurada no decorrer de diligências de investigação desenvolvidas pela PJ e na sequência dos resultados da autópsia realizada ao corpo.

O cadáver do homem, de 38 anos, foi encontrado, em avançado estado de decomposição, no interior de uma conduta de esgoto, na sexta-feira à tarde, num terreno baldio, nas traseiras das instalações do Núcleo Empresarial da Região de Beja.

O homem, que residia na aldeia de Cabeça Gorda, no concelho de Beja, estava «irreconhecível», segundo disse na altura à Lusa fonte dos bombeiros locais.

O corpo, segundo a mesma fonte, foi encontrado por trabalhadores que efetuavam a desobstrução da conduta de esgoto.