A Policia Judiciaria de Setúbal anunciou esta segunda-feira que deteve um homem, de 30 anos, por suspeita da prática de crimes de sequestro, roubo agravado e dano. O tribunal decretou a sua prisão preventiva.

O detido integra um grupo de três homens, dois dos quais já se encontram em prisão preventiva, que no dia 5 de janeiro, na cidade de Vila Real, abordaram a vítima, um homem de 69 anos, mantendo-o sequestrado no interior da sua própria viatura.

"O homem foi mantido sequestrado no interior da sua própria viatura, com recurso à força física e a ameaças verbais, tendo sido conduzido até à localidade de Fernão Ferro, no Seixal, onde acabaria por conseguir libertar-se no dia seguinte", informou a PJ, que é citada pela Lusa. 

Durante o período em que esteve sequestrado, a vítima foi forçada a efetuar levantamentos de numerário com o seu cartão bancário no valor total de 800 euros, tendo ainda sido subtraídos outros objetos de valor.

Os sequestradores "ficaram também na posse da sua viatura, a qual viria a ser encontrada, abandonada e completamente carbonizada, na zona da Moita".

O indivíduo foi detido durante uma operação da Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, com a colaboração da GNR do Montijo.