A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de três homens e duas mulheres por suspeitas da autoria dos crimes de extorsão, sequestro, coação e ameaça ocorridos em maio, no Porto.

Em comunicado, a PJ refere que os crimes foram cometidos na madrugada do dia 23 de maio.

A detenção dos cinco suspeitos ocorreu na sequência de «diligências investigatórias para recolha de prova, que permitiram apurar que um homem que havia vendido um carro que veio a ser apreendido por estar onerado com uma penhora tinha sido vítima de crimes de extorsão e sequestro».

Os arguidos, acrescenta a PJ, «atraíram a vítima a um encontro, onde, através de ameaças e exibição de arma branca, o privaram da sua liberdade por várias horas e o obrigaram a assinar uma declaração de venda relativa a um outro veículo em que se fazia transportar, tendo tomado logo posse do mesmo».

Aos detidos, que têm idades compreendidas entre os 18 e os 45 anos, foram apreendidas as viaturas envolvidas nos crimes e «diversa documentação».