Um «elemento da PSP» foi detido nos Açores por abuso sexual da filha de 14 anos, inclusive na esquadra onde o suspeito trabalha, disse esta terça-feira à Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ).

A PJ anunciou hoje em comunicado a detenção do homem, de 41 anos, por «fortes indícios da prática de crimes de abuso sexual de uma menor dependente».

Fonte da PJ adiantou entretanto tratar-se de um elemento da Polícia de Segurança Pública (PSP) que «é pai» da menor, acrescentando que «os abusos foram praticados na casa de morada de família e no local de trabalho», uma «esquadra da PSP».

Ainda segundo a mesma fonte, o homem «foi detido na segunda-feira ao princípio da noite» e os factos ocorreram «numa das três ilhas do Triângulo» (Faial, Pico ou São Jorge), que não especificou.

O comunicado do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada da PJ refere que os abusos, que começaram no início do corrente ano, «foram praticados de forma regular».

O homem está esta tarde a ser ouvido em primeiro interrogatório judicial, segundo a mesma fonte, pelo que ainda se desconhece as medidas de coação.