A PJ deteve, nas zonas de Almada e Moita, duas pessoas por contrabando de tabaco e apreendeu 193 quilogramas de tabaco em folha e macerado, indicou hoje aquele polícia.

As duas detenções em flagrante delito e a apreensão do tabaco foram feitas pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da PJ no âmbito de uma investigação sobre fraudes tributárias.

Em comunicado, a PJ adianta que, durante a operação, que decorreu nas zonas de Almada e Moita, foram ainda apreendidos bens e objetos relacionados com a prática dos crimes.