A Diretoria do Norte da Polícia Judiciária anunciou esta terça-feira a detenção de um motorista «adstrito a uma instituição de cariz social» por suspeita de abusar sexualmente de duas mulheres com anomalia psíquica.

Os factos ocorreram durante o ano passado, nas cidades do Porto e de Matosinhos.

«Tirando partido do facto de ser funcionário adstrito a uma instituição de cariz social, abordou as vítimas, com 29 e 33 anos de idade, ambas com profunda incapacidade mental, aproveitando-se da situação de particular fragilidade e vulnerabilidade das mesmas, e convenceu-as a acompanhá-lo a um local ermo, onde concretizou os abusos sexuais», explica um comunicado policial.

O detido, de 53 anos de idade, motorista, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.