A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou hoje a detenção de um homem suspeito de ter participado em vários assaltos violentos no concelho de Aveiro, pelo método de 'carjacking', juntamente com outros dois indivíduos que já tinham sido detidos.

Segundo a PJ, o suspeito, de 34 anos, está indiciado pela coautoria de vários crimes de roubo e de sequestro, sob ameaça de arma de fogo, que ocorreram no passado mês de janeiro na zona urbana da cidade de Aveiro e em freguesias limítrofes.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva, refere um comunicado da PJ.

De acordo com a investigação, o homem agora detido seria cúmplice de dois indivíduos que foram detidos pela PJ de Aveiro a 21 de janeiro, encontrando-se, desde então, em prisão preventiva a aguardar o início do julgamento.

Na mesma altura, a PJ referiu que a detenção ocorreu no âmbito de uma atuação coordenada com a PSP e a GNR que "permitiu, num primeiro momento, a interrupção da atividade criminosa e, depois, a identificação e detenção dos suspeitos".


No início deste ano, as autoridades registaram, em Aveiro, vários casos de assaltos do tipo ‘carjacking', que geraram um sentimento de insegurança na população.

Os roubos foram praticados sempre de noite e tinham como alvo pessoas que estivessem a fazer levantamentos em caixas multibanco ou que se dirigissem para os seus veículos estacionados.

Os assaltantes convenciam as vítimas a entrar na viatura e a seguir caminho com eles, sob ameaça de arma de fogo e usando de alguma violência, para os obrigar a levantar dinheiro em caixas ATM.