A Polícia Judiciária anunciou esta sexta-feira a maior apreensão de sempre de cocaína nos Açores. A PJ intercetou mais de uma tonelada daquela droga e deteve cinco homens, suspeitos de transportarem a substância ilegal num veleiro, também este apreendido.

A operação decorreu nos últimos dias, tendo sido detidos cinco cidadãos de nacionalidade estrangeira. Além do veleiro, onde a droga era “transportada de forma dissimulada”, foram apreendidos 1.150 quilogramas de cocaína.

“Trata-se da maior operação de cocaína que já ocorreu no Arquipélago dos Açores”, constata a PJ, em comunicado.

A operação, desenvolvida pelo Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, decorreu na ilha do Faial e inscreveu-se “num quadro mais vasto de identificação, combate e desmantelamento de redes criminosas organizadas” que têm usado este modo de atuar para transportar a droga até à Europa.

O trabalho de investigação foi articulado com a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes e no local da apreensão a PJ teve a colaboração de meios humanos e materiais da Polícia Marítima do Comando da Horta.

Os detidos têm idades compreendidas entre os 29 e os 54 anos e vão ser presentes hoje a tribunal para primeiro interrogatório para aplicação das medidas adequadas.