A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal anunciou esta sexta-feira a detenção de um homem de 28 anos e de uma mulher de 51, suspeitos dos crimes de violência doméstica, ofensas à integridade física, violação, lenocínio e extorsão, na zona de Almada.

Segundo um comunicado da PJ, os dois arguidos, mãe e filho, são suspeitos de, em momentos diferentes ao longo dos últimos dois anos, terem violentado física e psicologicamente duas mulheres, na altura em que eram companheiras do arguido.

De acordo com a PJ, as duas mulheres foram vítimas destes crimes não apenas em ambiente familiar, mas também em plena via pública. Mãe e filho ainda recorriam a diversas ameaças, para além de extorquirem o salário às duas mulheres, bem como a herança recebida por uma deles.

Uma das mulheres - acrescenta o comunicado da PJ - terá mesmo sido obrigada a prostituir-se, a troco de vantagens patrimoniais.

Os dois detidos deverão ser hoje presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.