A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira a detenção em Gouveia de um homem de 56 anos pela alegada prática de crimes de pornografia de menores agravados ocorridos naquele concelho.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda explica em comunicado hoje divulgado que o suspeito, sem emprego definido, foi detido “na sequência da receção de informação de organismo internacional relativo a atividades desenvolvidas em meio digital suspeitas de indiciar a prática de crimes de pornografia de menores”.

A PJ desenvolveu diligências de investigação, nomeadamente uma busca à residência do detido, onde encontrou e apreendeu, em suporte informático, “várias dezenas de milhares de ficheiros (fotografias e vídeos) de cariz pornográfico, com imagens explícitas de nudez integral de menores”.

Segundo a nota, muitas dessas imagens eram de crianças “que terão idade inferior a 14 anos”.

Os ficheiros eram “importados pelo detido em ‘sites’ na internet e que partilhava no ciberespaço”, adianta ainda a PJ da Guarda.

O detido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para aplicação das adequadas medidas de coação.