A Polícia Judiciária, em acção levada a cabo pelo Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, deteve o presumível autor de dois incêndios florestais ocorridos no passado domingo, no lugar de Figueira de Boialvo, em Anadia, revelou a PJ em comunicado.



O autor dos crimes ateou os fogos com recurso a chama direta colocando em perigo uma extensa mancha florestal e habitações aí existentes, «tendo ardido apenas 300 metros quadrados de área florestal graças ao pronto combate efetuado por duas corporações de bombeiros, fruto da deteção precoce do início dos fogos por populares».



«O detido de 43 anos de idade, empregado de uma serração, sofreu já condenação anterior pelo crime de incêndio, tendo inclusive cumprido já pena de prisão efetiva, não apresentando qualquer motivação racional para a prática dos factos em investigação», revela a PJ.



O detido será presente às autoridades.