A Polícia Judiciária (PJ) de Braga anunciou hoje a detenção de um homem de 42 anos suspeito de atear um fogo florestal e dois incêndios em edifícios de Pedra Velha, Mondim de Basto.

Em comunicado, a PJ refere que o homem, com o recurso a um isqueiro, terá ateado um incêndio num terreno naquela localidade, na madrugada de 19 de novembro, “colocando em risco habitações”.

Acrescenta que as habitações “só não foram atingidas pelas chamas devido à pronta intervenção dos bombeiros”.

Segundo a PJ, o detido está ainda indiciado pela prática de incêndio ocorrido dois dias depois, também de madrugada, em duas habitações, uma devoluta e outra em construção, “provocando danos de valor consideravelmente elevado”.

O detido vai ser apresentado às autoridades judiciárias, para aplicação das respetivas medidas de coação.

Este ano, a PJ já identificou e deteve 120 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.