Um homem de 42 anos foi detido por suspeita de ter abusado sexualmente de uma criança, sua familiar, durante 10 anos, no Porto.
 
O suspeito aproveitava os momentos em que ficava a sós com a criança, que inicialmente tinha cinco anos, para abusar sexualmente dela.
 
«Os abusos só cessaram na sequência do internamento hospitalar da vítima, por maus-tratos físicos igualmente infligidos pelo agressor», referiu a PJ em comunicado.
 
O detido, operador de máquinas, irá ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.