A Polícia Judiciária (PJ) deteve seis pessoas implicadas em dezenas de roubos à mão armada, em furtos a instituições bancárias, estações dos CTT e estabelecimentos comerciais, ocorridos nos últimos anos, informou hoje esta força de investigação criminal.

Os detidos, três homens e três mulheres, com idades entre os 30 e os 55 anos, vão ser sujeitos a primeiro interrogatório judicial para a aplicação de medidas de coação.

Segundo a PJ, os detidos pertenciam a um grupo criminoso «extremamente perigoso», e três deles já tinham sido anteriormente detidos e condenados por crimes da mesma natureza.

A operação policial esteve a cargo da Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT) da PJ, em articulação com o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).