A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de cinco pessoas, quatro estudantes no ensino superior e uma desempregada, que se dedicavam à produção e distribuição de cannabis em Leiria.

Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ informa que as detenções dos presumíveis autores da prática do crime de tráfico de estupefacientes ocorreram «no decurso de buscas em duas habitações contíguas, partilhadas pelos elementos do grupo, que as usavam como residência e também para a produção de plantas de cannabis sativa L, que distribuíam por terceiros».

«Para o efeito, o grupo dispunha de estufas artesanais e de outros artefactos que foram apreendidos, assim como plantas daquele tipo, pequenas quantidades de haxixe, ecstasy e LSD, além de três armas proibidas», adianta a PJ.

Segundo a PJ, os detidos, três homens e duas mulheres, têm idades compreendidas entre os 20 e os 23 anos.

Presentes a primeiro interrogatório judicial, os suspeitos ficaram sujeitos a medidas de coação de termo de identidade e residência e de obrigação de apresentações bissemanais em posto policial, acrescenta o comunicado.

À agência Lusa, fonte policial esclareceu que a investigação remonta a julho, sendo que um dos arguidos está referenciado pela alegada prática de crimes contra o património.

«São habitações arrendadas por eles. Num primeiro momento, foi arrendada uma habitação e, depois, uma outra contígua», esclareceu esta fonte, referindo que, em «ambas, havia sempre cannabis para distribuição».