A Polícia Judiciaria (PJ) anunciou hoje a apreensão, no Aeroporto do Porto, de duas encomendas postais com 32,6 quilos de cocaína, suficientes para pelo menos 163 mil doses individuais, oriundas da América do Sul e destinadas à Europa.

Em comunicado, a PJ refere que a droga estava distribuída “por vinte e nove embalagens” e “as investigações prosseguirão com vista à identificação dos responsáveis”.

De acordo com a PJ, a apreensão “insere-se num quadro mais vasto de investigação, controlo e fiscalização de passageiros e bagagens oriundos de países de risco, com vista à prevenção da introdução de produto estupefaciente na Europa”.

Aquela força policial refere que a operação foi desenvolvida pela Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ.

“A PJ procedeu à apreensão de duas encomendas postais, contendo produto estupefaciente, que foram detetadas no Aeroporto Francisco Sá Carneiro. As duas encomendas postais continham cerca de 32,6 quilogramas de cocaína, distribuídos por 29 embalagens de estupefaciente, suficientes para, pelo menos, 163 mil doses individuais”, explica o comunicado.


Segundo a PJ, as encomendas “chegaram ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro oriundos da América do Sul, destinados à Europa”.